HOME

 

                         ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE BIOGÁS E METANO

                       ABBM

                                  sábado, 22 de março de 2014

p

Quem somos  Diretoria  Origem 

 Eventos  Contato  Notícias  Associados  BIOGÁS  METANO
 

quarta-feira, 12 de março de 2014

Biogás é alternativa de renda para suinocultor

Diário do Comércio

Apostar na sustentabilidade para aumentar os lucros sem agredir o meio ambiente é a proposta do Sebrae Minas (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Minas Gerais), de gerar energia a partir do biogás. 

 

O projeto irá levar maior sustentabilidade e economia direta aos suinocultores mineiros que já possuem biodigestores instalados em suas propriedades. "O objetivo é fazer com que os empresários rurais consigam aproveitar da melhor forma possível os gases produzidos em seus biodigestores, que muitas vezes não chegam a ser utilizados. De acordo com a capacidade de cada granja, será indicada a montagem de uma matriz para produção de energia. Dessa forma, o empreendimento conseguirá produzir energia de forma que consiga reduzir seu custo com a concessionária ou até mesmo vender energia excedente para a mesma, assim sendo o ganho será imediato", explica a analista do Sebrae Minas Fabiana Vilela. 

Para tanto, foram desenvolvidos módulos de trabalho onde o produtor interessado poderá escolher a opção que mais se encaixa à sua realidade: elaboração de modelo para geração de energia elétrica; elaboração de modelo para cogeração de energia elétrica; elaboração de modelo para trigeração de energia elétrica; consultoria técnica para avaliação do biodigestor e intervenção técnica, quando necessária. Acompanhamento durante 1 ano da evolução do planejamento.

 

Custo - Em princípio, o valor aplicado nesta ação pelo Sebrae é de R$ 300 mil, sendo que, deste valor, 20% devem ser pagos pelo produtor rural, ou seja, R$ 60 mil serão divididos entre os produtores que participarão do programa. "Acreditamos que este seja um caminho para a melhoria da sustentabilidade nas granjas e uma oportunidade ímpar do empresário rural tornar o seu negócio mais lucrativo. Válido lembrar que o investimento do Sebrae será aplicado exclusivamente nas consultorias, tendo em vista que não podemos subsidiar nenhum valor de aquisição de equipamentos, obras e afins", afirma o analista do Sebrae Fernando Machado Ataíde. 

 

"Convido os produtores de Minas Gerais a potencializarem a sua geração de energia e com isto reduzir os custos de seus negócios através da adesão a este projeto. Os interessados devem passar seus dados para a Asemg (Associação dos Suinocultores do Estado de Minas Gerais), pois as vagas são limitadas. Estes serão convocados a participarem de uma reunião na sede da entidade no dia 10 de abril, às 14h, para discutir junto com os consultores técnicos do projeto qual o melhor modelo de trabalho a ser realizado de acordo com realidade do seu negócio", ressalta o diretor de Meio Ambiente da Asemg, Manoel Teixeira Lopes. O prazo para adesão termina em 28 de março de 2014. 

 

"Agradecemos o parceiro Sebrae a possibilidade de tornar a suinocultura mineira cada vez mais moderna e eficaz", disse o presidente da entidade de classe, Antônio Ferraz.